Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social realiza Seminário Nacional

Foto: Arquivo FMCJS.

Terminou no último dia 30 de novembro o Seminário Nacional do Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social, evento que reuniu entre os dias 27 e 30 deste mês várias organizações que compõem o Fórum para discutir os impactos das mudanças climáticas sobre a vida e os territórios em que vive o povo brasileiro.

 

O seminário Nacional decidiu uma agenda para a realização de seminários regionais para discutir os biomas e as mudanças climáticas a partir das comunidades locais. Um primeiro seminário já foi realizado em novembro de 2018, na cidade de Cáceres, Mato Grosso, sobre o Pantanal. Os demais seminários regionais foram definidos como segue:

 

  • Seminário Regional do Sudeste: Na primeira quinzena de setembro ou de outubro de 2019, previsto para a cidade de Governador Valadares, Minas Gerais.
  • Seminário Regional do Centro-Oeste: Nos dias 27 e 28 de Setembro de 2019, previsto para a cidade de Goiânia, em culminância no dia 29 com o “Dia do planeta”.
  • Seminário Regional do Norte: Entre os dias 23 e 26 de outubro de 2019, previsto para Manaus como parte dos eventos do Sínodo da Amazônia.
  • Seminário Regional do Sul: No segundo semestre de 2019 ou no primeiro de 2020, no Paraná em cidade a ser escolhida.
  • Seminário Regional do Nordeste: Em maio de 2020, em Pernambuco ou no Rio Grande do Norte.

 

Após quatro dias de discussões, o seminário encerrou com a aprovação de uma carta pública de avaliação do momento em que vivemos. A carta aponta para grandes preocupações para o futuro, com ameaças do novo governo do Brasil de não respeitar o Acordo do Clima, que busca impedir as mudanças climáticas provocadas pelo aquecimento global, ataques aos povos indígenas e comunidades tradicionais, aumento do desmatamento da Amazônia e outros.

Foto: Arquivo FMCJS.

Mas a esperança é o caminho para os participantes do seminário, que afirmaram que a busca do bem viver, o esforço para a formação de comunicadores populares e o apoio às comunidades vulneráveis são as tarefas para o futuro próximo. Por fim, a carta reafirma e festeja a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que faz 70 anos neste 10 de dezembro de 2018.

 

Confira abaixo a íntegra da carta do Seminário Nacional do Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social.

Download (PDF, 177KB)

Com informações do site do FMCJS.