Experiência comunitária de energia solar em Marabá (PA)

FacebookTwitterGoogle+Share

A Campanha “Energia para Vida!” esteve na cidade de Marabá no dia 09/12/2014 para conhecer uma interessante iniciativa de geração de energia solar por comunidades através do projeto Rios de Encontro.

Preocupado com a total ausência de debate público sobre energias alternativas em Marabá, Rios de Encontro idealizou o projeto Gira-Sol e ganhou em julho de 2014 um prêmio da Brazil Foundation. O projeto está focado nas ‘energias de vida’, integrando três eixos transversais: energia solar, alimentos saudáveis e pedagogias artísticas. Num momento em que o o governo brasileiro está priorizando fortemente o desenvolvimento de usinas hidrelétricas sem nenhuma responsabilidade socioambiental, o projeto Gira-Sol vem fomentando um debate sobre as alternativas energéticas que existem na região.

Arquivo Instituto Transformance: Cultura e Educação. Rios de Encontro, Cabelo Seco, Marabá (PA), Dezembro, 2014.

Arquivo Instituto Transformance: Cultura e Educação. Rios de Encontro, Cabelo Seco, Marabá (PA), Dezembro, 2014.

A construção da usina hidrelétrica de Marabá está prevista para começar este ano e vai atingir 11 municípios em 3 estados diferentes. Pouco diálogo está acontecendo sobre as implicações desta obra, apesar dos danos socioambientais significativos que vai trazer para a região inteira e, em particular, para as comunidades ribeirinhas. A comunidade inclusive anseia por informações acerca do projeto, uma vez que o mesmo vem sendo pouco abordado.

Enquanto vem iluminando as oportunidades promissoras da energia solar na região Pan-Amazônica, o projeto Gira-Sol aponta a possibilidade de outro futuro, baseado em fontes realmente sustentáveis.

Depois de reuniões com o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (IDEAL) em Florianópolis em 2013 e com o Grupo de Estudos e Desenvolvimento de Alternativas Energéticas (GEDAE) em Belém em 2014, Rios de Encontro convidou Jessica Ertel, dos Estados Unidos, para realizar uma residência sociocultural na comunidade.

Formada em Estudos Ambientais Globais, Jessica está se dedicando principalmente ao eixo de energia solar. Nos últimos meses se dedicou à pesquisa e desenvolvimento desta dimensão a fim de instalar uma placa solar na comunidade de Cabelo Seco em 2015. O projeto Rios de Encontro também já realizou uma residência de dois dias com o Professor Dr. Luis Blasques, do GEDAE, em Outubro para realizar debates e orientar o projeto.

Localizado na comunidade afrodescendente de Cabelo Seco, bairro matriz da cidade amazônica de Marabá, no estado do Pará, Rios de Encontro é um projeto eco-cultural e socioeducativo que atua na formação artística de adolescentes e jovens como lideranças comunitárias. Chegando ao seu sétimo ano de desenvolvimento, Rios de Encontro continua cultivando uma comunidade solidária frente a violência e industrialização acelerada da Amazônia.

O projeto mostra a capacidade que jovens e adultos lideranças comunitárias têm para mudar um bairro violentado, a partir da vivência de uma cultura de viva comunitária. Como uma de suas atividades culturais, realizou entre os dias 10 a 14 de dezembro de 2014 seu 3º Festival Beleza Amazônica, contando com a participação do pesquisador Renato Cavalcante, também do GEDAE, ensinando a comunidade a construir uma bici-rádio solar para a rádio comunitária Arraia. Futuramente a rádio será abastecida inteiramente por um modulo solar instalado no telhado.

Arquivo Instituto Transformance: Cultura e Educação. Rios de Encontro, Cabelo Seco, Marabá (PA), Dezembro, 2014.

Arquivo Instituto Transformance: Cultura e Educação. Rios de Encontro, Cabelo Seco, Marabá (PA), Dezembro, 2014.

Na visita o assessor da Campanha “Energia para Vida!”, engenheiro eletricista Joilson Costa, manifestou a intenção de colaboração, uma vez que um dos objetivos da Campanha é justamente contribuir para a identificação e visibilização de experiências comunitárias de geração de energia elétrica a partir de fontes alternativas, o que infelizmente ainda não é muito comum no país.

Confira a notícia completa do festival no site do Projeto Rios de Encontro e divulgue esta importante iniciativa em favor da vida.

Com colaboração de Jessica Ertel.

Arquivo Instituto Transformance: Cultura e Educação. Rios de Encontro, Cabelo Seco, Marabá (PA), Dezembro, 2014.

Arquivo Instituto Transformance: Cultura e Educação. Rios de Encontro, Cabelo Seco, Marabá (PA), Dezembro, 2014.